AJUDE A MANTER O BLOG, CLIQUE NAS PROPAGANDAS

Statoil muda de nome para Equinor de olho no mundo pós-petróleo


A Statoil anunciou nesta quinta-feira (14/3) que seu  Conselho de Administração aprovou a mudança do nome da empresa para Equinor. A mudança faz parte de uma estratégia para transformar a norueguesa em uma empresa ampla de energia e não mais apenas uma petroleira. 

Em outubro do ano passado, a empresa comprou por US$ 25 milhões 40% da participação da Scatec Solar na usina de energia solar Apodi, de 162MW, no município de Quixeré, no Ceará. O projeto vai fornecer energia para cerca de 160 mil residências. As duas empresas também acordaram uma cooperação exclusiva para desenvolver, em conjunto, futuros projetos de energia solar no Brasil. A Statoil também irá adquirir 50% de participação na empresa que irá executar o projeto, permitindo-a participar da elaboração e realização de novos projetos em energia solar no futuro.

“O Brasil é e continua sendo um país estratégico para a companhia. Temos aqui projetos de longo prazo, com duração de pelo menos 40-50 anos. As recentes transações da Statoil no Brasil corroboram seu compromisso de desenvolvimento de negócios de maneira segura e sustentável no mercado de energia”, diz o presidente da empresa por aqui.